quarta-feira, 29 de abril de 2015

Dieta: Quais as Frases que Devemos Evitar



Se queremos resistir a alguns prazeres e dedicar-nos ‘de corpo e alma’ a uma dieta mais saudável, existem certas expressões que têm de sair da nossa cabeça.

O site Huffington Post falou com vários nutricionistas e fez uma lista dessas mesmas frases:

1. “Hoje portei-me tão mal”: Não deixe que o seu vocabulário alimentar seja ‘invadido’ por questões morais. O sentimento de culpa é uma das emoções mais ligadas ao acto de comer demais, explica a nutricionista Michelle May. ‘Deitar-se abaixo’ só o vai fazer comer mais e mais. “Como para se alimentar e para se sentir bem”, aconselha.

2. “Não devia estar a comer isto”: 

Não dê cabo da sua refeição com pensamentos negativos. Michelle recomenda que se coma “com gosto e com consciência”, sem que haja a necessidade de sentir mal por aquilo que está a ingerir.

3. “Não posso comer isso”: 

Em vez de manter uma lista do que não deve comer, aprenda a saborear esses alimentos. Se for uma pessoa activa e fizer exercício físico, “pode adicionar mais calorias à sua dieta”, diz a dietista Carolyn O’Neil.

4. “Dei cabo da dieta”:

Não se pode ser profeccionista. “É o pensamento ‘tudo ou nada’ que dá cabo das dietas”, afirma a dietista Lauren Harris-Pincus. Quanto mais em baixo nos sentimos, pior: Um ‘erro’ de 500 calorias, pode transformar-se numa ‘catástrofe’ de 2000.

5. “Começo na segunda-feira”:

“Adorava que as pessoas metessem na cabeça que uma refeição mais calórica não dá cabo da dieta”, afirma a dietista Vicki Shanta Retelny. Pode até ter comido mais do que previa, mas isso não é ‘desculpa’ para continuar a alimentar-se mal nos dias seguintes e retomar os bons hábitos apenas na segunda-feira. É necessário voltar logo às escolhas saudáveis.

6. “Eu mereço isto”:

Merece tudo o que um ser humano merece, explica a dietista Rebecca Scritchfield. É normal comermos coisas que não fazem tão bem, todos o fazem – só é preciso ter atenção a regularidade com que se ingere esses alimentos.

7. “Sou viciada em açúcar”:

Sempre que diz isto, está a dar instruções ao seu cérebro, explica May. “Não dê demasiado poder a certos alimentos e lembre-se que é livre de tomar decisões sobre o que come”, acrescenta.

8. “Não consigo controlar o meu apetite”: 

Quanto mais luta, mais difícil se torna” fazer dieta, diz a dietista Marsha Hudnall. “Relaxe enquanto está a comer. Acredite na sua capacidade para fazer escolhas. Seja consciente e vá aprendendo um pouco sobre aquilo que ingere, de forma a perceber o que é que o seu corpo precisa”, afirma.



Siga a página do Trinta por Linha no Facebook e subscreva AQUI a nossa newsletter e receba diariamente as melhores dica para tudo e mais alguma coisa!


Antivírus Gratuitos: Solução Razoável a Custo Zero

Os antivírus gratuitos oferecem uma proteção aceitável, desde que combinados com uma firewall. Testámos os antivírus com a firewall do Windows 7 Home Edition, que ainda é o sistema operativo mais difundido.

Testámos os 4 principais antivírus gratuitos. Ao contrário da maioria dos pacotes de segurança pagos, que incluem a função antimalwaree uma firewall, além de funcionalidades como anti-spam e controlo parental, os gratuitos só asseguram a função antimalware. Deve combiná-los com uma firewall. A função antimalware permite detetar e eliminar programas maliciosos que entrem em contacto com o PC. Por sua vez, a firewall impede tentativas de intrusão e envio de dados sensíveis, como do cartão de crédito.


Todos os anos também testamos pacotes de segurança pagos. O G Data e o Eset são os melhores e dos mais baratos, pelo que conquistam o título de Escolha Acertada. Além de boa proteção antimalware (respetivamente, mais de 96% e 93% de deteções online e offline), têm uma firewall eficaz. Antes de comprar, descarregue a versão gratuita, válida por 30 dias.




Siga a página do Trinta por Linha no Facebook e subscreva AQUI a nossa newsletter e receba diariamente as melhores dica para tudo e mais alguma coisa!

Fonte: deco.proteste

terça-feira, 28 de abril de 2015

Ginástica para as Crianças

ginástica é uma prática muita antiga, existindo como desporto competitivo que possui modalidades e também somente como forma de atividade física, chamada de ginástica aeróbica. A prática da ginástica pode ser iniciada bem cedo, as crianças  que praticam, independente da modalidade ganham muito mais flexibilidade, noção espacial, postura, resistência muscular e ainda perda calórica. A ginástica para as crianças é uma boa dica de atividade, pois devido ao aumento de tanto sedentarismo e obesidade infantil, a ginástica entra para quebrar barreiras deixando a vida muito mais divertida e saudável.



As crianças que praticam ginástica desde a infância crescem mais conscientes, disciplinadas e cientes de suas responsabilidades, o seu desenvolvimento é muito mais acelerado e completo, tanto na parte física como mental.  A prática da ginástica só traz benefícios, além de mais qualidade de vida e bom humor, ao praticar esse esporte as crianças liberam o hormônio chamado serotonina dando mais disposição e alegria de viver para todas as tarefas a realizar em seu dia.

Como é a ginástica para crianças?

A prática e o gosto pela atividade da ginástica para a crianças começa ainda na  pré-escola, através das atividades físicas as crianças entram em contato com a maravilha de movimentar o corpo, liberando muito mais disposição e concentração quando necessário. A ginástica para as crianças é ensinada de maneira lúdica e bem divertida, através de histórias e músicas as crianças aprendem a respeitar e a estimular o próprio corpo a se movimentar. A ginástica para crianças pode ser praticada em academias de ginástica adaptada para todas as idades e preparações físicas, no caso das crianças a prática da ginástica é incentivada e ensinada bem lentamente para que se acostumem aos limites de seu corpo.


As cambalhotas, pulos e abdominais feitos nas aulas com as crianças são pura diversão quando realizado com vontade de aprender e se aprimorar contando com a ajuda de um professor paciente e bem humorado. Tanto meninas quanto meninos podem ser inseridos na ginástica, de início a prática da ginástica não passa de brincadeiras elaboradas pelos professores, mas ao decorrer do tempo eles percebem e decidem se vão ou não seguir uma carreira desportista ou apenas fazer as atividades como um desporto para se manter mais saudável e realizado.

Benefícios da ginástica para as crianças

Como todos sabem a prática do desporto em geral traz muitos benefícios para a saúde, deixando o  corpo e a mente muito mais saudáveis. A ginástica possui formas de atividades que mexem e auxiliam muitos músculos do corpo de crianças e adultos que praticam esse desporto. É importante saber que a prática da ginástica para as crianças devem ser leves e moderadas, respeitando sempre seus limites. Os benefícios surgem rapidamente, a ginástica trabalha a técnica de respiração, coordenação motora e espacial, além de habilidade e dedicação que são importantes no desenvolvimento para um adulto mais responsável.


Praticar ginástica desde cedo possibilita e aumenta a capacidade dos pequenos se interagirem com o mundo ao seu redor com mais facilidade, trabalhar e se esforçar em equipa, ser participativo e motivado é uma das grandes realizações benéficas que a ginástica pode dar a vida das crianças. Além desses inúmeros benefícios que a ginástica proporciona as crianças, também conta com uma qualidade de vida muito mais saudável, ficando longe de doenças respiratórias e cardiovasculares. A ginástica para crianças não possui contra indicação, todas as crianças merecem ser amadas, respeitas e praticar o desporto que mais as agradem, por isso incentivar a prática da ginástica ou qualquer outro desporto é também pensar em uma vida melhor e mais saudável para seus filhos.

Já é comprovado que a prática da ginástica na infância é muito benéfica, por isso inclua seus filhos a realizar atividades ligadas à ginástica, seja em qual for a modalidade o proporcionará uma vida muito mais feliz e saudável.

Fonte: zun.com

Como fazer Caldo Verde?

Ingredientes para 4 a 6 pessoas

50 Vaqueiro Alho
batatas 
cebolas 
1 l de água 
sal 
200 g de couve portuguesa (já cortada em caldo verde) 
4 colheres de sopa de azeite 
½ chouriço de carne 
broa de milho


Preparação:
Faça um refogado com Vaqueiro Alho e as cebolas. Entretanto descasque as batatas e corte em bocados para dentro de uma panela. Junte a água e tempere com sal. Leve ao lume e deixe ferver até as batatas estarem macias. Entretanto, deite a couve num coador e lave em égua corrente até a água deixar de ser esverdeada. Escorra bem a couve. 
Reduza a sopa a puré com a varinha mágica, leve de novo ao lume e quando retomar fervura introduza a couve cortada. Regue com o azeite e deixe cozer durante 10 minutos. 
Sirva a sopa com o chouriço cortado em rodelas e acompanhe com fatias de broa





Siga a página do Trinta por Linha no Facebook e subscreva AQUI a nossa newsletter e receba diariamente as melhores dica para tudo e mais alguma coisa!
Fonte: vaqueiro

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Solução Natural para Queda de Cabelo

Um ótima solução natural para queda de cabelo é uma mistura de óleos essenciais de alecrim e alfazema.

Ingredientes
3 gotas de óleo essencial de alecrim
3 gotas de óleo essencial de alfazema
1 colher (sopa) de hamamélis destilada

Modo de preparo

Adicionar todos os ingredientes em um recipiente e misturá-los bem. Aplique a solução natural no seu couro cabeludo, massageando suavemente. Após esse procedimento, enxágue bem o couro cabeludo e lave o cabelo com um champoo de sua preferência.

O óleo essencial de alecrim é utilizado para estimular a circulação sanguínea do couro cabeludo, evitando assim a queda dos fios, enquanto os outros 2 componentes do remédio caseiro atuam como calmantes e adstringentes. A lavagem com os óleos essenciais deve ser feita pelo menos uma vez ao dia, para que o tratamento seja realizado com eficácia.
soluções eficazes para evitar queda de cabelo

Dicas para evitar a queda do cabelo 

1
. Usando o tipo certo de óleos, condicionadores e shampoos
Existem diferentes tipos de cabelo e os fabricantes criar shampoos conformidade. É por isso que, o indivíduo precisa 5 soluções eficazes para evitar queda de cabelo, e entender o seu tipo de cabelo e comprar óleos, shampoos e condicionadores certos. No caso, o indivíduo não tem conhecimento de seu tipo de cabelo, seria melhor consultar um especialista de cabelo profissional. É melhor evitar shampoos que são química base. Esses shampoo faria apenas mais mal para seu cabelo. A cabeça deve ser massajada com óleo de amêndoa, pelo menos uma vez por semana, o que irá melhorar a circulação sanguínea e tornar os folículos pilosos muito mais forte e mais saudável do cabelo.

2. Estilo de vida equilibrado

Diz-se que o stress é um fator importante que contribui para a perda de cabelo. Isso pode ser cuidado por um estilo de vida equilibrado, o que significa que, para evitar o trabalho prolongado de horas extras, recreação, dieta saudável e descanso decente.

Descobre como travar a queda do cabelo AQUI

3. Dieta saudável
Isto é considerado ser uma solução comum para queda de cabelo. É importante comer alimentos que é saudável em vitaminas, proteínas e evitar aqueles que são gordos . Abundância de água precisa ser consumido regularmente. Isso ajuda a melhorar a circulação sanguínea em todo o corpo. É importante consultar o nutricionista para obter orientação sobre o tipo certo ea quantidade de alimento a ser consumido.

Siga a página do Trinta por Linha no Facebook e subscreva AQUI a nossa newsletter e receba diariamente as melhores dica para tudo e mais alguma coisa!

sábado, 25 de abril de 2015

Conheça Todos os Beneficios das Cenouras

As cenouras são mais do que um ingrediente saboroso que enfeita praticamente qualquer prato, elas também são óptimas para sua saúde, especialmente pele, olhos, sistema digestivo e dentes!

Os benefícios da cenoura incluem:


Ajudar a alcançar o bronzeado mais rapidamente e proteger a pele dos danos do Sol devido à presença de antioxidantes e vitamina A, que melhora a qualidade da pele prevenindo a formação precoce de rugas, pele seca e manchas;


Ajudar a emagrecer, porque tem poucas calorias e contém fibras;


Prevenir doenças cardiovasculares, porque é rica em carotenóides;


Reduzir colesterol pela riqueza em fibras, especialmente quando consumida crua.




  • Potássio: as cenouras são uma boa fonte de potássio, que pode ajudar a manter os níveis de sódio no organismo, colaborando para reduzir os níveis elevados da pressão arterial.
  • Betacaroteno: as cenouras são uma grande fonte deste poderoso antioxidante, que pode ser convertido em vitamina A no organismo, ajudando a manter a pele saudável.
  • Carotenoides: As cenouras são ricas em carotenoides, que, em nossos corpos, podem ser usados para regular o açúcar no sangue.
  •  Digestão: as cenouras aumentam a produção de saliva e o fornecimento de minerais, vitaminas e enzimas que ajudam na digestão. Comer cenouras regularmente pode ajudar a prevenir úlceras gástricas e outros distúrbios digestivos.
  •  Saúde bucal: as cenouras matam os germes nocivos da boca e ajudam a prevenir a cárie dentária.
  •  Elementos alcalinos: as cenouras são ricas em elementos alcalinos, que purificam e revitalizam o sangue, equilibrando a relação ácido/alcalino do corpo.
  • Feridas: cenouras cruas podem ser usadas para ajudar na cura de feridas, cortes e inflamações.
  • Fito-nutrientes: as cenouras contêm um fito-nutriente chamado falcarinol, que pode reduzir o risco de câncer de cólon e ajudar a promover a saúde do cólon de um modo geral.
  •  Olhos, cabelos, unhas! Os nutrientes presentes na cenoura podem melhorar a saúde dos seus olhos, pele, cabelos e unhas.
  • Fibra: As cenouras são ricas em fibras solúveis, o que pode reduzir o colesterol LDL (ruim) e aumentar o HDL(bom). Isto ajuda a reduzir a formação de coágulos sanguíneos e prevenir doenças cardíacas.
Siga a página do Trinta por Linha no Facebook e subscreva AQUI a nossa newsletter e receba diariamente as melhores dica para tudo e mais alguma coisa!

Benefícios da cenoura crua
Os benefícios da cenoura crua são, principalmente, fortalecer a saúde dos dentes e da boca, e um dos motivos é porque, ao morder a cenoura, ela raspa a placa bacteriana e retira os alimentos e partículas presas dos dentes. A cenoura crua estimula as gengivas e provoca muita salivação que, sendo alcalina, equilibra as bactérias da boca e também protege os dentes das cáries.

quinta-feira, 23 de abril de 2015

13 Dicas para Poupar Dinheiro em Combustível

Hoje em dia poupar combustível é sinónimo de poupar dinheiro… veja como!

Comparar preços. O preço do combustível hoje poderá não ser o mesmo amanhã e talvez o posto de abastecimento ao lado do escritório oferece preços mais baratos do que aquele ao pé de casa. Esteja atento, anotando as várias ofertas disponíveis, para fazer sempre uma escolha económica. Em Portugal, descubra em que postos pode abastecer o seu carro por menos Euros, bastando para isso consultar o site Mais Gasolina ou então o GasMappers que estende ainda o serviço a vários países do mundo, incluindo o Brasil, cujos automobilistas podem ainda recorrer a este comparador de preços.


Cheio, por favor. Sempre que vá abastecer, ateste o depósito de combustível. Com as deslocações extra ao posto, vai acabar por gastar mais dinheiro se tentar abastecer pouco de cada vez. Aliás, vai poupar tempo e dinheiro. Pare de abastecer mal tenha a indicação de que o tanque está cheio – não vale a pena tentar colocar mais umas gotas se já foi avisado que está cheio! Essas gotas vão acabar por sair por fora e você pagou-as. No final de cada abastecimento, certifique-se que a tampa do depósito esteja firmemente enroscada e nunca danificada – se não estiver, é a melhor forma de o combustível se evaporar!

Abastecer pela fresca. A melhor altura do dia para abastecer o seu automóvel é de manhã cedo ou à noite, ou seja, nos períodos mais frescos do dia. Isto porque a gasolina está mais densa nesta altura e, como a gasolina é paga ao litro, comprará mais por menos.


Siga a página do Trinta por Linha no Facebook e subscreva AQUI a nossa newsletter e receba diariamente as melhores dica para tudo e mais alguma coisa!

Conduza devagar. A condução a altas velocidades também faz com que o combustível desapareça a olhos vistos, ou seja, toca a abastecer! Para além de ser melhor para o ambiente e para o seu nível de stress, conduzir devagar vai permitir que abra menos vezes a carteira. Quer uma ajuda extra? Se o seu veículo vier equipado comcruise control, utilize-o! Esta condução automática pensada principalmente para as auto-estradas é bastante mais económica do que a condução humana.

Carro para toda a obra. Antes de sair para ir ao supermercado, por exemplo, pense em todos os outros sítios aos quais possivelmente terá que se deslocar mais tarde ou nos próximos dias – lavandaria, banco, florista, casa da mãe – e faça tudo de uma só vez, seguindo a rota mais directa, claro está!

Manutenção em dia. Um carro em perfeita saúde, é um carro que vai ter uma performance mais eficaz e com consumos normais. Para garantir isso, siga estas recomendações básicas: verificar periodicamente a pressão dos pneus, o óleo, os filtros de ar, o alinhamento da direcção, o motor… Ah, e faça uma limpeza geral à viatura e à mala, retirando objectos pesados e desnecessários – um carro mais leve, é um carro menos consumista.

Ar condicionado q.b. Quando o calor realmente aperta, claro que sabe bem fechar os vidros do carro e ligar o ar condicionado. Fora disso, utilize o bom senso e não passe cada viajem a ligar e a desligar o AC, a pôr mais fresco, só para cinco minutos depois aumentar a temperatura – o objectivo é poupar gasolina, não gastá-la!



Sempre desligado. Compensa sempre desligar o carro – enquanto espera por alguém ou vai levantar dinheiro, nas filas de trânsito e até num semáforo demorado ou numa passagem de nível. É um hábito (económico!) a adquirir!

Estacionar à primeira. Chegado ao destino, estacione sempre no primeiro lugar que encontrar. É bem melhor caminhar um bocadinho (só lhe faz bem!) do que a andar às voltinhas a perder a paciência e a gastar combustível, não acha? Ah, e estacione de forma que possa sair sem fazer manobras de marcha atrás, estas consomem mais gasolina.
Sombra vs. Sol. Se estacionar ao ar livre, prefira sempre os locais com sombra. Isto porque um carro estacionado ao sol, seja no Verão, seja no Inverno, favorece a evaporação da gasolina. Para além disso, não vai precisar de ligar o ar condicionado quando voltar ao carro. Se não tiver alternativa senão estacionar ao sol, certifique-se que o depósito de combustível não esteja voltado na direcção do sol.


Estude as suas rotas. Há sempre mais do que uma maneira de chegar ao mesmo sítio. Utilize o computador de bordo (ou o método tradicional de anotar os quilómetros depois de atestar o depósito) para medir consumos e escolher os percursos mais económicos. No entanto, evite todas as estradas não alcatroadas e/ou de difícil acesso – estradas em terra ou de cascalho podem aumentar o consumo de combustível até 30%! 

Troque de carro. Neste campo, existem várias formas de economizar: venda um dos carros da família; troque um carro a gasolina por um a gasóleo; se vai comprar, considere adquirir um automóvel mais pequeno, um híbrido, um carro que funcione a GPL ou, porque não, um scooter?


Veja também:

Como Tirar Manchas na Chapa do Teu Carro?





Como Evitar que os Vidros do Carro Embaciem no Inverno!


Deixe o carro na garagem. Nos dias que correm, a melhor forma de poupar nos combustíveis é, sem dúvida, deixar o carro em casa. Vá a pé, de bicicleta, de transportes públicos ou combine boleias colectivas com amigos e colegas de trabalho. O carpooling – onde várias pessoas partilham o mesmo automóvel – está-se a tornar cada vez mais procurado, não só em Portugal mas também no Brasil.



saberpoupar

quarta-feira, 22 de abril de 2015

7 Mitos Sobre os Gastos de Eletricidade no Inverno

Com a chegada do tempo frio é normal que sinta um pico do consumo de energia na sua conta de eletricidade. Os aquecedores, o forno ou até o facto de passar mais tempo em casa levam a que utilize mais energia e, por isso, não é de estranhar que a sua fatura mensal aumente. No entanto, existem alguns erros que pode estar a cometer na utilização de certos equipamentos e que se refletem no aumento de consumo de energia. Tendo em conta esta realidade, conheça alguns mitos sobre os gastos de eletricidade e saiba como poderá poupar.
  1. Quanto mais alto está o termostato, mais depressa o quarto aquece
Quando o frio aperta, muitos consumidores sentem-se tentados a ligar o termóstato dos seus aquecimentos no máximo para que desta forma as suas casas aqueçam mais rapidamente. No entanto, não se esqueça que se optar por colocar o termostato na temperatura máxima será necessária mais energia para atingir a temperatura pretendida. Por isso mesmo, é aconselhável que opte por ligar o seu sistema de aquecimento numa temperatura mais amena, de forma a não gastar energia em excesso.

2.Suspender o computador durante a noite não gasta energia
Se não tem por hábito desligar o seu computador durante a noite, saiba que está a desperdiçar energia. Não se esqueça de que a opção “suspender” implica que o computador tenha de estar pronto a trabalhar imediatamente depois de ter sido dado o comando. Por isso mesmo evite a tentação de usar esta opção durante um longo período de tempo.
3.Os carregadores não gastam energia quando estão ligados à ficha, só quando estão a ser utilizados
Quando ligados à ficha, os carregadores de telemóveis continuam a gastar energia, mesmo que os consumidores tenham já retirado os telemóveis destes aparelhos. O mesmo se passa quando deixa os eletrodomésticos em stand-by. De acordo com um estudo da Uswitch, 76% das famílias deixam vários eletrodomésticos em stand-by o que prejudica a sua conta de eletricidade no fim do mês.
4.Não há nada que possa fazer para diminuir a energia gasta pelo frigorífico, máquina de lavar roupa ou lavar loiça
É um outro mito. Existem pequenos gestos do dia-a-dia que podem fazer toda a diferença. Por exemplo, ao abrir por pouco tempo a porta do frigorífico ou do congelador está a reduzir a quantidade de ar quente que entra e que precisa de ser arrefecido, e como tal, estará a poupar energia. Se preferir pode ainda utilizar as preferências económicas (eco) na sua máquina de lavar roupa ou de lavar loiça que ajudam a reduzir a energia utilizada para conseguir aquecer a água.
5. As lâmpadas LED são mais caras
É verdade. Mas no longo prazo, o investimento nestas lâmpadas mais do que compensa. Apesar de serem mais caras, as lâmpadas LED tem uma duração bastante superior às lâmpadas tradicionais. Além disso, podem representar uma poupança de 80% na conta de eletricidade, de acordo com o site financeiro Moneywise. Apesar de cada lâmpada LED ter um custo de 10 euros aproximadamente ela pode durar até cinco anos e meio se estiver constantemente ligada.
6. Limpar as bobinas condensadoras do frigorífico aumenta a eficiência
Limpar o frigorífico é um hábito comum entre os consumidores. Mas existe a crença de que ao proceder à limpeza da parte de trás dos frigoríficos (onde estão situadas as bobinas condensadoras do equipamento), consegue-se preservar a eficiência energética destes eletrodomésticos. No entanto, segundo alguns estudos, limpar a parte traseira dos frigoríficos não traz quaisquer vantagens energéticas. Ainda assim, não deve ser por esta razão que deve deixar de limpar o frigorífico. Esta limpeza é essencial para livrar-se de manchas e odores.
7.É difícil mudar de fornecedores de energia
Com a entrada em vigor do mercado liberalizado de energia e com o surgimento de novos operadores, o processo de transição de fornecedor de energia tornou-se mais ágil. Aliás, para quem ainda não transitou para o mercado liberalizado tem mesmo de mudar de operador/tarifário até ao final de 2015. De acordo com dados da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), o mercado livre de eletricidade conta já com mais de três milhões de clientes.
Para fazer a mudança, é necessário que verifique quais os preços praticados por todos os operadores presentes no mercado. Utilize o simulador da ERSE para comparar os diversos tarifários e escolher aquele que mais se adequa ao seu perfil de consumo. Saiba ainda que nestes casos, não é necessário a mudança de contador uma vez que este pertence ao distribuidor e não ao comercializador. Ainda assim, poderá ter que alterar o contador se existir alteração no perfil do consumo.
Siga a página do Trinta por Linha no Facebook esubscreva AQUI a nossa newsletter e receba diariamente as melhores dica para tudo e mais alguma coisa!
Fonte: saldopositivo

7 Dicas para Poupar Dinheiro na Alimentação

Quem gere um orçamento mensal sabe que uma grande fatia do mesmo vai diretamente para as compras de supermercado, nomeadamente a alimentação. Esta é uma fatura incontornável, no sentido em que não é possível reduzi-la, porém, mesmo assim, permite poupar dinheiro. Considere estas dicas originais para uma poupança extra no setor da alimentação lá de casa.
  1. Aproveite tudo: isto quer dizer que deve tentar utilizar tudo aquilo pelo qual pagou no supermercado. Por exemplo: use o óleo/azeite das latas de atum para temperar uma salada de acompanhamento; aproveite a calda do feijão enlatado para adicionar ao arroz ou à sopa que está a confecionar com os mesmos; se vai fazer um creme de brócolos, utilize os troncos dos mesmos; os ossos também podem ser aproveitados para adicionar sabor e nutrientes a sopas e estufados… Poupar dinheiro na alimentação também passa pela sua rentabilização máxima.
  2. Datas de validade: só porque a data de validade de um iogurte ou dos ovos foi ontem, não significa que não os pode consumir. Pelo contrário, deve consumi-los de imediato, procurando uma forma de os incorporar na confeção de uma refeição nesse mesmo dia. Claro que embora o objetivo seja poupar dinheiro, também deve usar o bom senso antes de utilizar um alimento cujo prazo de validade já tenha passado: verta o alimento para uma taça de forma a poder observar, provar e cheirá-lo antes de o aproveitar.
  3. Legumes frescos vs. congelados vs. enlatados: não há nada como cozinhar com e consumir legumes frescos, porém, com um prazo de validade curto, não é raro acabarem no caixote do lixo, desperdiçando-se assim alimentos e dinheiro. Se este é um cenário que lhe é comum, a melhor forma de poupar dinheiro em legumes é optar pelas suas versões congeladas e/ou enlatadas – igualmente nutritivas, duram mais tempo e são mais baratas. 
  1. Congelar, congelar, congelar: uma das melhores dicas para poupar dinheiro em alimentação passa por congelar. O congelamento é o aliado perfeito para poupar dinheiro na alimentação: congelar refeições que sobraram e congelar alimentos que tem em excesso (para não se estragarem), por exemplo. Nunca descure esta opção na cozinha – permite preservar muitos alimentos e poupar muito dinheiro.
  2. Rentabilize os restos: deitar alimentos fora é igual a deitar dinheiro fora, por isso, sempre que sobrar comida pense de imediato de que forma vai aproveitá-la. Pode levá-la para o almoço no dia seguinte ou então utilizar os restos de comida para preparar um prato ligeiramente diferente ou então criar uma nova receita. Seja criativo, poupe dinheiro!
  3. A forma como se cozinha: os recursos energéticos utilizados na preparação e confeção dos alimentos também podem contribuir para poupar ou desperdiçar dinheiro na alimentação. Isto significa que deve seguir as habituais dicas de poupança no que toca à água, gás e eletricidade, ou seja, não ligue o forno até realmente precisar dele, adeque o tamanho das panelas à boca do fogão, não deixe a água da torneira a correr se tiver de lavar muitos alimentos (encha antes o lava loiça e reutilize a água), reúna todos os ingredientes de uma só vez, evitando abrir o frigorífico/congelador muitas vezes. A verdade é que existem várias formas de poupar dinheiro na cozinha!
  4. Provas de alimentos: poupar dinheiro na alimentação também pode ser divertido, principalmente se fizer provas de alimentos. As marcas brancas são, obviamente, as mais baratas, mas pode ter alguma resistência em comprá-las sem conhecer – não tenha! Compre duas marcas brancas de um produto e leve para casa para fazer uma prova, repetindo sempre que lhe apetecer provar algo novo e/ou reduzir a conta do supermercado. Vai surpreender-se ao descobrir que muitas vezes os alimentos mais caros nem sempre são os melhores ou os mais saborosos!
Fonte: saberpoupar

Como Poupar Milhares de Euros em Supermercado Aproveitando as Campanhas de Desconto

A guerra das campanhas de desconto dos hipermercados pode permitir-lhe poupar alguns milhares de euros por ano se fizer um bom planeamento das compras e alterar pequenos hábitos.

Partilhamos neste artigo uma estratégia que o ajudará a poupar muito dinheiro por ano.

Background

Os principais hipermercados e supermercados lançam novos folhetos todas as semanas, onde dão destaque aos preços e campanhas mais competitivos. O Pingo Doce e o Continente, por exemplo, alteram os preços de terça a terça, e todas as semanas quase sem excepção oferecem uma lista de produtos com 50% de desconto directo ou em cartão.

Além dos folhetos, os cartões de cliente costumam dar-lhe direito a cupões adicionais de desconto que lhe são enviados periodicamente.
A estratégia

Regra geral, a tendência da maioria das pessoas é tentar aproveitar os descontos, mas de forma não planeada. Porém, como explicamos neste artigo, o planeamento das compras em função das campanhas permite poupanças na ordem dos milhares de euros.

A estratégia começa por passarmos a planear as compras semanalmente mas definindo objectivos de poupança anuais, ao invés de procurarmos poupanças imediatas. Assim, a estratégia consiste em:

I. Levantar os descontos antes de ir às compras


Passe a fazer compras semanalmente, sempre após a ter acesso aos folhetos dos hipermercados perto de si. Utilize a internet para ver os folhetos de todos os hipermercados antes de sair de casa. Damos-lhe links abaixo para aceder aos folhetos.

Com os folhetos na frente, utilize uma folha de Excel para anotar os produtos em desconto em cada um dos hipermercados. Foque-se em todos os produtos que costuma precisar, mesmo que não precise deles no momento.

Pode também recorrer a uma aplicação, como por exemplo, a Kuantize, onde pode sempre consultar que oportunidades e produtos em desconto existem nas superfícies comerciais onde costuma fazer as suas compras.

Não acrescente à lista de compras produtos que não usa só por estarem em desconto. O impulso de querermos aproveitar aparentes boas oportunidades motiva-nos a gastar mais.
Não se esqueça de verificar também os seus cupões de desconto, e acrescentá-los à folha de Excel. O Continente, por exemplo, permite-lhe consultar os seus cupões em https://www.cartaocontinente.pt/ . Em alguns casos, os cupões são acumuláveis com descontos em vigor, criando oportunidades únicas!


Depois de levantados os produtos em desconto, acrescente à lista os restantes produtos que lhe fazem falta no dia a dia.
Assegure que a lista contém os produtos em desconto que não precisa hoje, mas que costuma usar habitualmente. Ou seja, o seu objectivo semanal consiste em aproveitar as oportunidades de produtos que sabe que lhe farão falta nos próximos meses.

Evite acrescentar à lista produtos de higiene e limpeza (pastas de dentes, detergentes, etc) se não estiverem em desconto – só mesmo se não o puder evitar. Produtos de higiene e limpeza estão em desconto com muita frequência. Sabendo isto, terá uma boa probabilidade de conseguir comprar um produto de 12€ a 6€ se aguardar pela semana seguinte.

Reorganize as compras por hipermercado. Pode recorrer a uma app para o Smartphone que permita fazer listas de compras por estabelecimento, como a Mighty Grocery.

III. Fazer as compras, sem medo da quantidade
Faça as compras por hipermercado de acordo com a lista de produtos que planeou antes.

Em descontos altos (>=50%) de produtos sem prazo de validade, compre em quantidade sem hesitações! Compre exactamente o número de exemplares que consumiria num ano de determinado produto.

A poupança actual é conseguida através da compra em quantidade e do adiamento da compra de produtos caros até ao aparecimento de um desconto atractivo.

As poupanças efectivas

Imagine que sabe que consome um creme corporal por mês, com o custo de 4€. Significa que anualmente, gasta 48€ em creme corporal.

Com a estratégia acima, se numa promoção de 50% comprar logo 12 cremes sem medo da factura assustadora dessa compra, terá na realidade poupado 24€ anualmente só em cremes.

Aplica-se o mesmo a todos os outros produtos que compramos mensalmente: shampoos, detergentes, desodorizantes, pastas de dentes, etc.
Ou seja, parece estar a gastar mais no curto prazo, mas no longo prazo está a obter poupançasmuito significativas.

Imagine agora a situação inversa: o detergente para a roupa está no fim e nessa semana não há nenhuma promoção. Ao preço normal, compraria o detergente a 16€. Mas se conseguir aguardar uma semana, terá uma boa probabilidade de encontrar esse produto a 8€, conseguindo uma poupança considerável. E aí deverá aproveitar a campanha e comprar logo a quantida denecessária para o resto do ano.

Estas regras aplicam-se a qualquer outro produto sem prazo de validade – produtos de higiene e limpeza, que são regra geral os mais caros -, ou que possa ser congelado durante alguns meses.

Pense em Orçamento Anual

A mudança da gestão do nosso dinheiro para uma perspectiva anual (perspectiva de longo prazo) aliada a uma estratégia de planeamento das compras em função dos descontos, resulta em poupanças radicais. 

Um dos elementos da nossa equipa aplicou esta estratégia durante 2013, obtendo uma poupança semanal média em supermercado de 20€ para um agregado de 2 pessoas, o que representa uma poupança anual na ordem dos 1.040€! Equivalente a umas boas férias num destino paradísiaco!

Cuidados a ter

Não se entusiasme com os descontos! Aproveite as oportunidades, compre em quantidade suficiente para um ano, mas compre somente o que sabe que vai usar e que precisa! É fácil deixarmos-nos levar por aparentes boas oportunidades que na realidade nos levam a gastar mais dinheiro.
Antes de comprar, compare o preço final (após desconto) com outros produtos: nem todos os descontos compensam, e muitos são inclusivé enganadores.

Não compare o preço de dois produtos directamente, mas sim o preço por Kg ou por L.

Desvantagens desta estratégia
Precisa de alguma liquidez para os investimentos iniciais. Vai gastar mais no curto prazo, pelo que precisará de algum dinheiro de lado.

Precisará de gastar algum tempo adicional para andar a saltar de hipermercado em hipermercado. Alternativamente, poderá recorrer aos serviços de entrega ao domicílio.

Precisará de uma boa dispensa e congelador para armazenar o stock anual.
Precisará de alguma disciplina semanal para investir 10 minutos a analisar os folhetos e a construir a lista de compras de forma sensata.

Onde obter os folhetos e cupões de desconto


Existem vários sites e comunidades na internet que partilham os folhetos dos hipermercados, e inclusivé cupões de desconto, por vezes ainda antes destes sairem (as chamadas “antevisões”).
Recolhemos abaixo alguns dos principais sites de forma indiscriminada:




Conclusões

Irá gastar mais algum tempo por semana a planear as compras e a saltar entre hipermercados, e precisará de algum dinheiro de lado para os investimentos iniciais.

Mas se começar a gerir o seu orçamento numa lógica anual, e planear as suas compras em função dos descontos – adquirindo em quantidade ou aguardando por uma promoção – conseguirá com facilidade obter poupanças de longo prazo, acima dos mil euros.

Nota final: não tenha receio de comprar em quantidade os produtos em desconto que realmente usa, mas nunca compre produtos que não precisa só por estarem em desconto.


Siga a página do Trinta por Linha no Facebook e subscreva AQUI a nossa newsletter e receba diariamente as melhores dica para tudo e mais alguma coisa!

Fonte: boonzi.pt

terça-feira, 21 de abril de 2015

Habilita-te a Ganhar um Iphone 6 Grátis

Quer ganhar um iPhone 6? 
Participa gratuitamente e habilita-te a ganhar o revolucionário iPhone 6. 
Basta preencher o formulário de participação com os teus dados pessoais e informação de contacto.

Clica Aqui e faz o teu registo.

Siga a página do Trinta por Linha no Facebook e subscreva AQUI a nossa newsletter e receba diariamente as melhores dica para tudo e mais alguma coisa!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...